domingo, 27 de março de 2016

NÃO AJA PELA EMOÇÃO - Interpretando a Bíblia Sagrada com sua aplicação na vida diária.

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda sabiamente escapará" - Provérbio 28 - 26. 

Confiar no próprio coração é agir pelas emoções. Quem age pelas emoções não enxerga os fatos. Quem não enxerga os fatos não consegue analisar as possíveis consequências das ações.

Em qualquer situação, todos nós podemos escolher entre a emoção e a razão, porém, pela razão, nossas atitudes tendem a ser mais consistentes. Confiar no próprio coração traz em si uma insensatez que se analisarmos pelo prisma de uma circunferência, quem está fora da circunferência, enxerga apenas parte dela, mas a partir do momento que está no centro da circunferência, a visão é maximizada e todas as partes são visíveis.

A Bíblia Sagrada, que para mim é o Manual da Existência Humana nos adverte que confiar no coração é insensatez. Antes de qualquer atitude, principalmente se em seu DNA a mesma traz alguma cadeia reativa, vale a pena parar, pensar, analisar, prospectar as consequências da ação.

A problemática da ação pela emoção está nas ações pautadas nos impulsos para atender alguma necessidade momentânea, obsessão momentânea, prazer momentâneo. A ação pela emoção contraria as Leis Newtonianas aplicadas à inteligência espiritual e a Lei universal da causa e efeito.

Agir pela razão é pensar no amanhã, nas consequências de uma decisão. 


A Bíblia Sagrada é um Livro INFINITO que a cada leitura temos diversos insights e interpretações. Em minha humilde interpretação entendo que Salomão, nos adverte a não agir pela emoção quando escreveu este versículo "O que confia no seu próprio coração é insensato". Também no Livro de Provérbios, capítulo 04 versículo 23 encontramos mais um apelo de Salomão "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procede as saídas da vida", este versículo nos traz a evidência que de fato não devemos agir pela emoção.

A interpretação que faço é essa, guardar o coração, é evitar agir precipitadamente pela emoção. Pensar um pouco na Lei da causa e efeito. Pensar  na Terceira Lei de Newton aplicada ao comportamento humano "A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade”.
Mas como não agir pela emoção? Como sempre escrevo em meus textos, tudo é treinamento. Sim... Devemos treinar para não agirmos pela emoção.

Após o discorrido acima, alicerçado na interpretação da Bíblia Sagrada, deixo sete dicas que espero que venha contribuir e agregar valores à existência humana. 
1. Pensar antes de reagir.
2. Não ter necessidade de dar resposta imediata.
3. Se a ação precisa ser imediata, analise os fatos. Se for preciso, reúna mais fatos.
4. Se for possível, entre no centro da circunferência do problema para que você possa enxergar a circunferência toda e não apenas parte.
5. Seja imparcial.
6. Lembre-se - se que nada é inócuo. Toda ação trará uma reação.
7. Pense se a sua atitude presente está consistente com o futuro que você quer para você.


Desta forma, concluo este texto  com o objetivo de agregar valores à existência humana.

Que Deus abençoe.

​by Fábia Braga.